Clique para mais produtos.
Não se encontraram produtos.

Teleculinária Gold nº 205 - versão digital

A meados do século XV, nasce a doçaria conventual portuguesa. Os doces eram compostos por grandes quantidades de açúcar – proveniente das colónias portuguesas – e gemas de ovos, sendo confecionados, maioritariamente, pelos conventos femininos. Os nomes destes doces tiveram origem na fé e no dia a dia dos conventos. Assim, surgem nomes como: Orelhas de abade, Maminhas de freira, Queijo do céu, Manjar celeste, Toucinho do Céu, Papos de anjo ou Barrigas de freira.

Ler maisShow less
2,00 € (com IVA)
Adicionar aos favoritos
Descrição

As receitas dos doces conventuais chegam até aos dias de hoje e são a base de muitos doces tradicionais portugueses! Nesta edição, celebramos as nossas receitas conventuais através de uma seleção única e diversificada para que usufrua deste pedaço de história da gastronomia portuguesa!

Ler maisShow less
Detalhes do produto

Menu

Apoio cliente

Definições

Clique para mais produtos.
Não se encontraram produtos.

Crie uma conta grátis para adicionar aos favoritos.

Entrar